segunda-feira, 17 de julho de 2017

[RESENHA] A ponte


Saudações preguiçosos! Hoje, convido-lhes para uma travessia no livro " A ponte" que recebemos da autora Rosana Ouriques, que é o primeiro exemplar da série Mundos Paralelos.

“A ponte era o único caminho que conduzia aos mundos paralelos, somente os filhos do ar é que podiam ir a estes mundos sem ter, necessariamente, que cruzar a ponte. Todos os outros filhos dos deuses e os demais seres precisavam atravessá-la. Era uma ponte antiquíssima, construída pelos primeiros deuses. Era feita de troncos de uma árvore que só crescia no mundo superior."

O livro, retrata dois mundo de realidades paralelas, um deles tem como personagem principal uma mulher e o outro tem Angak. “Desde que o deus Uno se dividiu e se despedaçou, os mundos superior e inferior e seus respectivos seres lutavam para sobressaírem-se, obtendo o domínio dos mundos paralelos. Os que eram essencialmente bons queriam que o bem dominasse; os que eram essencialmente maus queriam que o mal reinasse, mas não era assim que deveria acontecer. Para que o equilíbrio fosse restaurado, tanto o bem quanto o mal eram necessários. A dualidade existia para que a harmonia fosse alcançada. O deus Uno havia se fragmentado para que cada partícula de sua essência pudesse alcançar o conhecimento e assim, evoluir. Na verdade não existiam opostos, apenas intensidades diferentes. O bem é tão somente o mal em sua menor intensidade; e o mal é igualmente o bem um seu menor grau, mas um não pode existir sem o outro. Ambos nasceram de uma mesma fonte. Ambos possuem a essência um do outro. Ambos são um.”

O livro possui dois finais, que desencadearam a sequência da série. É isso PL's, até a próxima... Beijocas


"A escuridão enchia o espaço, e o tempo não existia."

"Um fim ... Ou um novo começo"

"O que separava os mundos paralelos era um tenebroso abismo, não era possível visualizar o seu fundo, visto que era infindavelmente profundo onde corria um rio de águas amargas."

Nenhum comentário:

Postar um comentário